Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Junho, 2017

[Folhas mortas 15.12.1995]

Lisboa, sexta, 15 de dezembro de 1995

 

 

»»»»» Vem-me a noção, claramente, de me realizar, de modo clandestino, contra mim mesmo. Sou, sem o querer ser, autor da minha própria perda. Não sou razoável, nem sequer bom para mim mesmo.

 

&

 

»»»»» Com o que acontece, acontece-me perder o sentido de ser eu, não tenho qualquer percepção de um eu centrado a que me referir. Desaparece mesmo a noção de ter um corpo, só quando tenho de me mover alguma coisa acontece — a necessidade de me pôr em movimento.

 

António Sá

Anúncios

Read Full Post »